Tomás responde: Cristo devia conviver com as pessoas, ou levar uma vida solitária?

Jacopo Tintoretto (1518-1594), Ecce Homo ou Pilatos apresenta Cristo à multidão, Museu de Arte de São Paulo – MASP (clique para ampliar)

Parece que Cristo não devia conviver com as pessoas, mas levar uma vida solitária:

1. Com efeito, na verdade, era necessário que, em seu modo de viver, Cristo se mostrasse não apenas homem, mas também Deus. Ora, não convém a deus conviver com os homens. Diz o profeta Daniel: “Com exceção dos deuses, dos quais não é próprio conviver com os homens” (2, 11). Diz também o Filósofo no livro I da Política que aquele que leva uma vida solitária ou é um animal, se o faz por bruteza, ou é um deus, se o faz para contemplar a verdade. Logo, parece que não era conveniente que Cristo convivesse com os demais.

2. além disso, em sua vida mortal, Cristo devia levar uma vida perfeitíssima. Ora, a vida mais perfeita é a vida Leia mais deste post

%d blogueiros gostam disto: