Quatro características da religião medieval

Missal Weingarten, iluminura sobre pergaminho, cerca de 1210, 29,2×20,3 cm, Pierpoint Morgan Library, NY

A religião cristã, por muito fiel que seja a si própria e por mais unida que esteja à sua Tradição, adquire, no entanto, matizes peculiares de acordo com cada época. Hoje, no catolicismo francês, enfatiza-se mais o aspecto social do Credo, o necessário retorno às fontes bíblicas e patrísticas, e um conhecimento mais profundo da liturgia. Durante os grandes séculos medievais, observam-se também algumas características, quatro das quais mais acentuadas.

A primeira e a mais essencial é o caráter profundamente escriturístico da vida religiosa. A Sagrada Escritura, a Bíblia, é sem dúvida alguma conhecida pela generalidade dos homens, ao menos por alto. Nos conventos e nas universidades lêem-se muitos outros textos, especialmente os dos Padres da Igreja e em particular Santo Agostinho, mas o que o conjunto dos fiéis conhece é o Leia mais deste post

Lauda Sion

gifvideos

“Lauda, Sion, Salvatorem, lauda ducem et pastorem in hymnis et canticis.

“Louva, Sião, o Salvador, louva o guia e o pastor com hinos e cantares.

Quantum potes, tantum aude: quia major omni laude, nec laudare sufficis.

Quanto possas, tanto o louva, porque está acima de todo o louvor e nunca o louvarás condignamente.

Laudis thema specialis, panis vivus et vitalis hodie proponitur.

Leia mais deste post
%d blogueiros gostam disto: