Causalidade e casualidade

giflivros

setelicoes

II

O acaso

7

É preciso, porém, dizer algumas palavras sobre uma questão conexa à da causalidade, sobre a questão do acaso. Notem bem o caráter filosófico e ontológico da noção de causa eficiente tal como tentamos destacá-la: é uma razão de ser extrínseca na qual uma coisa ou um acontecimento encontra, se podemos assim dizer, a inteligibilidade, não digo para nós, mas em si, da posição na existência, encontra o que torna inteligível por si sua posição na existência. Tal noção de causa implica, conseqüentemente, a de comunicação de ser; e esta causa eficiente é um agente preordenado a este efeito como a árvore é preordenada ao fruto, a força viva ao movimento local, o hidrogênio Leia mais deste post

Nosso querido (e complicado) amigo, o SER – PARTE 3

gifindice

Para baixar o documento original, para plena funcionalidade dos links para o vocabulário, clique aqui. Para abrir nova página com vocabulário, clique aqui.

Capítulo Terceiro

AS CAUSAS

Art. I.    NOÇÕES GERAIS

1. Definições. – Chama-se princípio aquilo de que uma coisa procede, de qualquer maneira que seja. Assim, toda causa é princípio, mas todo princípio Leia mais deste post

%d blogueiros gostam disto: