As primeiras palavras do Papa Francisco

Papa_Francisco_

“Se não confessamos Jesus Cristo, as coisas não avançam.”

“Podemos caminhar o que quisermos, podemos edificar muitas coisas, mas a não ser que confessemos Jesus Cristo, as coisa não avançam. Converteremo-nos em uma ONG que dá pena, mas não na Igreja, esposa do Senhor.”

“Quando não se caminha, se detém. Quando não se edifica sobre pedras, o que acontece? Acontece o que acontece às crianças na praia quando fazem castelos de areia, tudo cai e não há consistência.”

“Nossa vida é um caminho. Quando nos detemos, não avançamos. Caminhar sempre, em presença do Senhor, na luz do Senhor, procurando viver de modo irrepreensível é o que Deus pede a Abraão em sua promessa.”

“Mas a coisa não é tão fácil, porque ao caminhar, ao construir, ao confessar nestes tempos tão agitados, há movimentos que não são propriamente movimentos do caminho: são movimentos que nos jogam para trás.”

“Quando caminhamos sem a Cruz, quando edificamos sem a Cruz e quando confessamos a um Cristo sem Cruz, não somos discípulos do Senhor, somos mundanos: somos bispos, sacerdotes, cardeais, papas, mas não discípulos do Senhor.”

“Queria que todos, logo depois destes dias de graça, tenhamos a coragem de caminhar em presença do Senhor, com a Cruz do Senhor, de edificar a Igreja sobre o sangue do Senhor, que está sobre a Cruz, e de confessar a única glória, Cristo crucificado. E assim a Igreja irá adiante.”

Essas palavras foram tiradas da primeira homilia feita pelo Papa Francisco, diante de todos os cardeais eleitores, na Capela Sistina.

.

Anúncios

4 Responses to As primeiras palavras do Papa Francisco

  1. GENOINA says:

    Caio foi você quem não entendeu. O papa não é michiriqueiro. Ele nunca iria criticar publicamente o papa bento, mmesmo que ele discordasse do seu antecessor. Acontece que esse não é o caso; o papa francisco tem dito e demonstrado profunda admiração e carinho ao papa bento XVI.E tem a mística da francisco de assis. Daí que eu prevejo um papado brilhante, cativante, enriquecedor e estruturado no amor a jesus e a sua cruz.

  2. David says:

    Não concordo com sua interpretação, mas respeito sua opinião.

  3. Fabio Prates says:

    Pelo resumo da ópera, ele pegou pesado com o Papa emérito. Vejamos:
    – Se a vida é caminhar e quando paramos de caminhar, algo não está bem; então o Papa emérito não estava bem!
    – Se as forças diminuem, a Cruz fica pesada. Se rejeitamos este “calvário”, então é porque estamos caminhando sem a Cruz de Cristo. E aí, a explicação foi bem explícita: Podemos ser bispos, padres e cardeais, mas sem a Cruz somos do mundo, e não seus discípulos.
    – E pior, ele terminou dizendo o seguinte: Quem não prega o Senhor Jesus, prega o diabo.
    – E disse mais: Quando não se edifica a construção sobre a pedra o que acontece? Acontece o mesmo que acontece com as crianças na praia que fazem castelos de areia e estes como não tem consistência, vêm abaixo com qualquer coisa. – Esse foi o resumo do pontificado de Bento XVI.
    – E o como será o pontificado do Papa Francisco? Segundo ele, será assim: Tenhamos coragem de caminhar na presença do Senhor, com a Cruz do Senhor, de edificar a Igreja sob o Sangue do Senhor, derramado na Cruz; e de confessar a única glória, Cristo Crucificado. É assim que a Igreja avançará!

  4. 12augusto says:

    Chamou a minha atenção quando ele cita Leon Bloy, “quando nao se confessa Cristo, é o demônio que se confessa”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: