Fragmentos: Caminho, Verdade e Vida

El Greco, Cristo carregando a cruz, 1580

Cristo havia ensinado muitas coisas aos seus a respeito do Pai e do Filho, mas ignoravam que é para o Pai que ele ia e que o Filho era o caminho pelo qual ele iria. É difícil com efeito ir ao Pai. Nada de admirável se eles o ignoravam! Porque, se Cristo em sua humanidade lhes era conhecido, não conheciam a não ser imperfeitamente sua divindade…

Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, responde Jesus. De repente, ele lhes revela o caminho e o termo do caminho… O caminho, nós já vimos, é Cristo. Isso se compreende porque é por ele que temos acesso ao Pai (Ef 2, 18) … Mas esse caminho não está afastado de seu termo, ele o toca; eis por que Cristo acrescenta: A Verdade e a Vida; ele é ao mesmo tempo uma e outra coisa: o caminho segundo sua humanidade; o termo segundo sua divindade…

O termo desse caminho é o fim de todo desejo humano. O homem deseja duas coisas sobretudo; uma que lhe é própria: conhecer a verdade; a outra que ele partilha com tudo o que existe: permanecer na existência. Ora, Cristo é a via para chegar à verdade, uma vez que ele é a Verdade…; ele é também a via para chegar à vida, uma vez que ele é a Vida … Assim, pois, Cristo é designado como via e como o termo; é o termo porque é por si mesmo tudo o que pode ser objeto de desejo: a Verdade e a Vida.

Se, pois, procuras a via, passa por Cristo: ele é o Caminho. Isaías (30, 21) profetizava: “é o caminho, segui-o”. Como diz santo Agostinho: “Passa pelo homem para chegar a deus”. “Mais vale claudicar no caminho do que se afastar firmemente para o lado”. Ainda que não avance rápido, aquele que duvida no bom caminho se aproxima do fim; aquele que caminha fora da via se afasta tanto mais quanto mais rapidamente corre.

Se procuras aonde ir, apega-te a Cristo: ele é a Verdade que todos desejamos alcançar … Se procuras onde te repousar, apega-te a Cristo, porque ele é a Vida … Apega-te, pois, a Cristo se queres estar em segurança; não poderás desviar porque ele é a via. Aqueles que se apegam a ele não caminham no deserto mas num caminho bem traçado … Igualmente, não poderás ser enganado porque é a verdade e ensina toda a verdade … Nem mesmo poderás ser perturbado, porque é a vida e dá a vida … Como repete santo Agostinho, quando o Senhor diz: Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, é como se dissesse: Por onde queres ir? Eu sou o Caminho. Aonde queres ir? Eu sou a Verdade. Onde queres estar? Eu sou a Vida.

 

In Ioannem 14,6, lect. 2-3, n. 1.865-1.870

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: