Tomás responde: Deve-se orar somente a Deus?

gifindicenb_pinacoteca_nicolas_antoine_st_thomas_aquinas_fountain_of_wisdom

Será verdade que, como dizem os “evangélicos”, somente se deve rezar a Deus e que não há intervenção dos santos? Vejamos o que nos diz Santo Tomás.

Em princípio, parece haver motivos para acreditar que só a Deus se deve orar, pois:

1) A oração é ato da religião, e é sabido que somente a Deus se presta culto religioso. Logo, só a Deus de deveria orar.

2) Além disso, seria inútil orar a quem desconhece a oração feita. Ora, parece que só Deus pode conhecer a oração, e assim é porque na maioria das vezes a oração é feita por ato interior, que só Deus conhece, como escreve São Paulo: “Orarei pelo espírito, orarei pela mente” (I Cor 14,15). Santo Agostinho também escreve: “Desconhecem os mortos, até os santos, as ações dos vivos, mesmo a dos seus filhos”.

3) Ademais, dirigimos as nossas orações aos santos porque eles estão unidos a Deus. Mas muitos dos que estão neste mundo ou no purgatório estão fortemente unidos a Deus pela graça, e, no entanto, a eles não dirigimos nossas orações. Então, nem aos santos deveríamos dirigi-las.

A isso, nos ensina Tomás:

É possível orar a alguém de dois modos:

1) Para que ele mesmo conceda o que se pede.

2) Para que consiga o que se pede de outro.

Pelo primeiro modo, só a Deus dirigimos a oração, porque todas as nossas orações devem ter por objeto conseguirem para nós a graça e a glória, e ambas só Deus pode conceder, como se lê no Salmo 83, 12: “Deus dará a graça e a glória”.

Porém, pelo segundo modo dirigimos as orações aos anjos e aos santos, não para que Deus as conheça mediante eles, mas para que devido aos seus pedidos e méritos, as nossas orações sejam eficazes. É por isso que se lê no livro do Apocalipse que “O perfume do incenso, isto é, da oração dos santos, subiu para Deus” (8, 4). Isto evidencia-se também pelo modo com que a Igreja ora. Pedimos à Santíssima Trindade que seja misericordiosa para conosco, mas aos santos pedimos que orem por nós.

Assim, podemos responder à objeções iniciais dizendo que:

1) Ao orar somente prestamos culto religioso àquele de quem desejamos conseguir alguma coisa pela oração, porque assim reconhecemos que é o autor dos bens que recebemos. Porém, não prestamos culto religioso a quem é apenas intercessor junto de Deus.

2) Os mortos, considerando-se a sua condição natural, desconhecem o que acontece neste mundo, sobretudo os sentimentos do coração. Porém, como escreve São Gregório, aos bem-aventurados lhes é manifestado no Verbo o que convém que eles conheçam daquilo que se passa a nosso respeito, e mesmo o que se refere aos sentimentos do coração. Sobretudo convém à excelência deles conhecerem os pedidos que lhes são feitos pela oração vocal ou pela oração interior. Por isso, conhecem os pedidos que lhes fazemos por revelação divina.

3) Finalmente, deve-se dizer que os que estão neste mundo ou no purgatório ainda não gozam da visão do Verbo, para que possam conhecer o que pensamos e falamos. Por isso, não lhes pedimos os seus sufrágios em nossas orações.

Fonte: Suma Teológica, II-II, q. 83, a.4

gifindice

Anúncios

6 Responses to Tomás responde: Deve-se orar somente a Deus?

  1. Roja says:

    Quanta besteira meu Deus! a igreja católica levando o povo a pecar. Pregando doutrinas criadas por homens, um evangelho diferente ao de Jesus. Se conhecessem a palavra de Deus essa sim os libertaria.
    CEGOS QUERENDO GUIAR CEGOS Lucas 6:39
    A biblia quando fala de uns orar pelos outros se refere à pessoas vivas e não à mortos que aguardam a vinda de cristoce jaz no esquecimento, isso é bruxaria Levitico 20:27

  2. Ombelina Furlani says:

    Acredito que devemos pedir direto na fonte, “DEUS”.
    Jesus disse a seus disipulos:Tudo o que pedirdes a meu Pai em meu nome Ele vos dará.
    O filho ligado ao Pai no mesmo Espírito SANTO, é a Trindade Santa,que atende nossos pedidos.

  3. Antonio says:

    Gustavo, Concordo com a sua 1a. colocação de que o unico no céu que nos pode conceder algo é Deus. Não só lá no céu mas “aqui”, também, na terra. Quanto a 2a. , caberia uma ressalva: quando você coloca que “não há necessidade de outro intecessor nos céus entre Deus e os homens, senão Cristo”. Realmente, Cristo é o único intercessor e é Nele, “por Ele” que temos acesso ao Pai. No céu, ou na terra, “em Cristo”, em seu Corpo, estão unidos os santos depois aqui e depois desta vida. Por estarem perfeitamente unidos a Ele (vontade e perfeição) os santos, “em Cristo”, são não só adoradores estáticos mas cumprem ainda o 2o. mandamento de amar o próximo. São intercessores, EM CRISTO, – tudo em Cristo e não fora dEle – isso faz com que Jesus seja o unico intercessor, porém, que permite nesta ação “como instrumento” a oração dos santos a Ele unidos. A maioria dos evangélicos dizem a seguinte besteira: os santos estão dormindo depois da morte (inativos). Vemos na Palavra de Deus, livro do Apocalipse (revelação): “O perfume do incenso, isto é, da oração dos santos, subiu para Deus” (8, 4). Estas orações dos santos não são mais para si mesmos pois já estão unidos ao cordeiro, mas para os irmãos 92o. mandamento) que ficaram na grande tribulação: nós, eu e você. Para nós católicos o Céu é o próprio Deus. Os santos… “diante do trono de Deus o servem dia e noite”- Apo.7,13-16. E, em Apo 6, 9-10 – “vi debaixo do altar as almas dos homens imolados por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho de que eram depositários (ESTES SÃO OS QUE CHAMAMOS SANTOS). 10. E clamavam em alta voz (NÃO ESTÃO DORMINDO), dizendo: Até quando tu, que és o Senhor, o Santo, o Verdadeiro, ficarás sem fazer justiça e sem vingar o nosso sangue contra os habitantes da terra? (PERCEBA ESTA ORAÇÃO DE INTERCESSÃO PODEROSA POR VOCÊ, “em Jesus”, poie estão neles unidos, no Cordeiro imolado, pelos habitantes da terra). Esta intercessão é o proprio Jesus atuando (pela boca dos santos que é a sua) dirigire o pedido ao Pai. Jesus no céu, NÃO MUDOU, continua atuando como vemos nos evangelhos: vários pedidos a Ele eram feitos não pelos necessitados diretamente mas para os outros e Jesus atendia a todos que tinham fé, independente, da fé do doente e alvo. Ele sempre olhava para a fé do que pedia embora o pedido não fosse para o pedinte. É só lembrar a intercessão do CENTURIÃO: “não sou digno que entreis em minha casa…” e de Maria ” ao transformar 600 litros de água em vinho”. ENTENDE. Jesus no céu não está mais distante nem mudou sua forma de agir conforme fez nos evangelhos quando historicamente estava aqui pela terra. Paz e Bem. Maria, rogai por nós e pelo Gustavo. Amém.

  4. Gustavo Lima says:

    Você disse:”carece de sentido pedir a alguma pessoa (algum parente ou amigo, por exemplo) que reze por ti?”

    Não carece. Porém não é isto que eu estou questionando. Eu não disse que ninguem não poderia inteceder por mim. Fui bastante específico quando falei sobre o intecessor NOS CÉUS. Ou seja, NOS CÉUS, há somente Cristo para interceder por nós.

    Aqui na terra as pessoas podem sim interceder por mim. Entretando, quem interceder por mim em oração, terá que fazer isto em nome de Jesus – que é o intercessor nos céus.

    O que eu quis dizer é que o argumento de Aquino não justifica uma oração realizada, por exemplo, à N.Srª de Fátima, ou em nome dela, como também de qualquer outro santo falecido.

  5. sumateologica says:

    A seu ver, portanto, também carece de sentido pedir a alguma pessoa (algum parente ou amigo, por exemplo) que reze por ti? E também a expressão “comunhão dos santos”, que sentido tem?

  6. Gustavo Lima says:

    A meu ver, o problema com esse argumento é que ele não consegue justificar a oração aos santos.

    1º Porque o único, nos céus, que pode nos conceder algo é Deus.

    2º O único intersessor entre Deus e os homens, nos céus, é Jesus. E foi o próprio Jesus quem disse isso.

    Sendo assim não há necessidade de outro intecessor nos céus entre Deus e os homens, senão Jesus Cristo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: